fbpx
Escolha uma Página

Recentemente publiquei no último artigo sobre o caso do atacante francês, André Pierre Ginac, que atua no Tigres, destacou a importância do treinamento mental como rotina dos seus treinos, tanto físicos como psicológicos e nisso fez referencia a hipnoterapia. Após ele ter obtido resultados incríveis em tão pouco tempo, parece que a moda pegou no México e agora a equipe do Jugares de Chiapas, passou a ter o seu “hipnólogo de plantão”.

 

Como sabemos a hipnose pode ser utilizada em muitos esportes para melhorar determinada habilidade e concentração.

 

O time de Chiapas, clube da primeira divisão do México, divulgou que o atacante Christian Bermúdez é submetido a uma sessão ( ou mais ) de hipnose, para segundo o próprio clube, “melhorar seu desempenho desportivo.

 

Se sabe que 50% do Sucesso Esportivo é Mental, e somente um 5% dos esportistas afina suas habilidades mentais.

 

Por Que? Não se sabe como fazer. O Treinamento Mental parece confuso, complexo e as vezes contraditório. A Mente, ao tentar compreender-se a si mesma, enfrenta-se com uma situação na qual o objeto que tem de ser compreendido (a mente humana) e aquilo que deve conseguir a compreensão (a mente), são igualmente complexos.

 

Habilidades Psicológicas em 3 Momentos

 

Nossa mente é bombardeada e alimentada hoje,por um suprimento inesgotável de más informações. As noticias diárias já são suficiente para levar nosso campo da negatividade. O organismo de todos os seres vivos tem, em condições normais,um estado interno de equilíbrio e ordem. A palavra organismo já está relacionada com ordem. No ponto de vista de Weinberg e Gould (2001) um programa de treinamento de habilidades psicológicas desenvolve-se em três momentos.

 

Primeiro

É chamado defase de educação, uma vez que muitos atletas não conhecem o modo como as habilidades mentais podem melhorara sua performance. Nesse momento são explicadas as vantagens e a importância de um trabalho voltado para o desenvolvimento das habilidades mentais,suas vantagens e aplicações.

 

Segundo

Refere-se a fase de aquisição, momento em que são focalizadas as estratégias e técnicas para a aprendizagem das diferentes habilidades psicológicas, que podem se dar em ambientes formais ou informais.

 

Terceiro

É quando o atleta realiza os conteúdos aprendidos em situações reais e tem por objetivo automatizar as habilidades aprendidas, ensinar a integração sistemática de habilidades psicológicas em situações de desempenho e simular as habilidades aprendidas em situação de competição.

 

hobbit-1200x600

 

Volto a enfatizar a importância de uma equipe de psicólogos do esporte, em qualquer equipe competitiva, para assim saber trabalhar os aspectos emocionais e saber como desenvolver e ampliar certas habilidades.

 

Como já disse em outras ocasiões é um trabalho continuo e a longo prazo, assim como a preparação física. Os atletas profissionais não treinar uma vez e pronto e já saem pra competição, assim como o físico o trabalho mental precisa-se de tempo para se desenvolver e ter a habilidade desarrochada.

 

Se você gostou desse artigo, compartilhe com seus amigos.

Hipnose sem limites, você sem barreiras.

 

Onde me encontrar