Escolha uma Página

Imagem relacionada

Situações mal resolvidas no passado podem constituir a origem inconsciente de dificuldades enfrentadas no presente. Esse é o campo de atuação da terapia de regressão.

Uma técnica psicoterapêutica que permite acessar experiências de modo eficaz e rápido, trazendo à tona memórias antes registradas, mas mantidas no subconsciente. É um instrumento muito eficaz no auxílio à libertação de fobias, ansiedades e processos depressivos.

A base da terapia de regressão está no princípio do aprendizado com o passado para a construção de novos caminhos no presente.

As pessoas, em geral, já possuem em seu inconsciente os instrumentos necessários para a solução dos seus problemas. Ao terapeuta fica o papel de facilitar essa interação, através de técnicas como a regressão ou a hipnose.

Terapia de regressão e o tratamento de fobias
A terapia de regressão permite um retorno às experiências do passado e permite reavaliá-las e dar-lhes novo significado. Essas experiências anteriormente vividas e agora trazidas à tona permitirão compreender de onde vêm determinados hábitos, medos ou fobias, representados no presente.

Por meio da terapia de regressão são acessadas informações esquecidas e as experiências são, na sequência, ressignificadas. Desse modo, podem ser eliminadas as frustrações e superados os preconceitos antes instalados.

Na regressão, a experiência como tal permanecerá, mas dela será retirado o sofrimento, o medo, a dor. O terapeuta tem a função de ajudar o paciente na eliminação do controle que o passado vinha exercendo em sua vida.

Não há regressão sem o consentimento e participação do paciente.

Hipnose

É uma técnica na qual o Hipnólogo consegue acessar áreas da mente do paciente para identificar as causas dos problemas e, por meio desse acesso, modificar a percepção que a pessoa tem daquela situação.

O método leva a pessoa a um estado modificado de consciência, como se ela estivesse dormindo, mas não é sono e sim um estado ainda mais ativo da mente. Assim há um aumento da receptividade à sugestão e por isso o profissional consegue alterar os recursos da mente, adequando-o a uma nova realidade.

A hipnose clássica faz uso de uma comunicação verbal sugestiva dirigida ao consciente do paciente, como indução ao estado hipnótico.

Texto Original: http://www.diariodolitoral.com.br

 

Se você gostou desse artigo, compartilhe com seus amigos.

Hipnose sem limites, você sem barreiras.

 

Onde me encontrar